Compartilhar:

Notícias

Nota de Esclarecimento

17/04/2020 - 11h40min

Devido a questionamentos surgidos após publicação de comunicado nas redes sociais da Prefeitura Municipal de Sentinela do Sul – RS, sobre a entrega de atividades escolares domiciliares, a Equipe da Secretaria Municipal de Educação esclarece que já em março quando foram suspensas as aulas a partir do dia 19 os Gestores orientaram aos professores que enviassem pelos alunos atividades a serem realizadas neste período. Como foi prorrogada a suspensão das aulas novamente os Gestores e Equipe da Secretaria Municipal de Educação de Sentinela do Sul, reuniram-se para estabelecer estratégias que possam minimizar o impacto dos prejuízos educacionais que este afastamento escolar está causando aos alunos e decidiram enviar novas atividades.

Ratifica-se que as medidas estão sendo tomadas no sentido de manter a rotina do aluno com atividades escolares, continuar com um vínculo com o professor, mantendo mesmo com atividades a distância os laços afetivos entre os mesmos, pois não estão em férias e um afastamento total poderá intensificar prejuízos ainda maiores.

Os professores estão interagindo com os alunos e realizando cursos online visando neste período também se qualificar para proporcionar qualidade e equidade ao retornar as atividades normais de trabalho. Quanto a validação destas atividades como letivas, esta Secretaria aguarda decisões superiores e do Conselho Municipal de Educação para agir de acordo com a legislação que for estabelecida.

Salienta-se ainda que tais atividades são disponibilizadas pelos professores aos alunos por Grupos de WhatsApp, ou nas escolas através de material impresso, livros didáticos. Cada escola tem a liberdade de organizar a sua forma de manter os alunos interagindo neste período.

No que se refere a material impresso, apenas um responsável pelo aluno deve ir até a escola retirar, no dia 22 de abril, e todos estão cientes sobre os cuidados e precauções de saúde que deverão tomar no momento da entrega do material, sendo salientado que quem está no grupo de risco deve evitar o contato e desta forma comunicar a Secretaria ou Escolas para estabelecer outras alternativas para receber os materiais. Para mais informações entre em contato pelo telefone (051) 3679-1086.


Veja Mais Notícias